Virgínia Woolf: a escritora pioneira do Feminismo

Virgínia Woolf é considerada uma das escritoras mais importantes do século XX. Sua técnica narrativa e seu estilo poético são contribuições importantes para o romance moderno.

Adeline Virginia Stephen, seu verdadeiro nome, nasceu em Londres em 25 de janeiro de 1882. Foi a terceira de quatro irmãos. Seu pai era sir Leslie Stephen, um destacado crítico literário, historiador e também alpinista famoso. Já sua mãe, Julia Duckworth, vinha de uma família de importantes editores.

Ela e seus irmãos cresceram num ambiente frequentado por artistas, literatos e políticos, cercados de uma grande biblioteca.

Traumas que a acompanharam por toda a vida

Devido a suportar abusos sexuais de dois meios-irmãos, jamais conseguiu superar a desconfiança em relação aos homens. Enaltecendo assim uma inclinação romântica pelas mulheres.

Por decorrência da morte de sua mãe, pai e irmã, começou a sofrer de estados depressivos e de transtorno bipolar da personalidade. Sem remédio, sua vida acabou sempre marcada por esse vaivém emocional que influenciou de maneira decisiva sua obra.

O início da vida literária

Após a morte de seus familiares mais próximos, Virginia se mudou com vários irmãos para o bairro de Bloomsbury, no West End londrino. É a partir desta época que começa a escrever artigos e críticas regularmente para o jornal The Guardian e para o suplemento literário do The Times. Também foi convidada a dar aulas no Morley College, uma escola mista da classe trabalhadora, onde esporadicamente ensinou literatura e história inglesas.

Em 1912 se casou com o economista e historiador Leonard Woolf. Juntos, fundaram a famosa editora Hogarth Press. Posteriormente, editou a obra da própria Virginia e a de outros escritores relevantes, como Katherine Mansfield e T.S. Elliot.

A pioneira do feminismo

Mais tarde, conhece a escritora Vita Sackville-West, com quem manteve uma relação amorosa. O romance acabou e a a amizade entre elas permaneceu pelo resto de suas vidas.

Com nove romances publicados e mais de 30 livros de outros gêneros, Virginia Woolf continua sendo uma das escritoras mais influentes da literatura mundial, a autora que mais revolucionou a narrativa no século XX e quem mais defendeu os direitos das mulheres através de seus textos.

 

Leve para casa a história ilustrada de Virgínia Wolf, neste bonito livro disponível na Livraria Nobel.

Estamos esperando por você.

 

Até o próximo artigo!

 

Fonte: El País