As 10 bibliotecas mais bonitas do mundo

As bibliotecas são o ambiente ideal para os apaixonados pela literatura. Elas guardam, não somente milhares de livros, como também se tornaram edifícios que são verdadeiras obras de arte.

Confira a lista das 10 principais bibliotecas:

1 – Biblioteca Clementinum (Praga, República Tcheca)

Construída em 1722, o edifício é uma obra da arquitetura barroca de Praga. A biblioteca abriga mais de 20 mil volumes sobre literatura, medicina e teologia. Por muito tempo, foi considerada o terceiro maior colégio jesuíta do mundo. Seu teto é repleto de afrescos do pintor Jan Hiebl.

 

2 – Biblioteca do Monastério Beneditino de Admont (Áustria)

Inaugurada em 1776, esta é a maior biblioteca monástica do mundo. São mais de 180 mil obras, incluindo 1,4 mil manuscritos e incunábulos (livro impresso nos primeiros tempos da imprensa com tipos móveis), além de volumes antigos e edições originais de obras raras. O local foi projetado pelo arquiteto Josep Hueber com um estilo rococó, cujo teto da cúpula tem pinturas do artista austríaco Bartolomeo Altomonte, que celebram a ciência e a fé.

3 – Biblioteca Municipal de Stuttgart (Alemanha)

Projetada em 2011 pelo sul-coreano Eun Young Yi para ser um centro de produção cultural, a biblioteca tem um formato de cubo com nove andares. As paredes externas são de tijolos de vidro levemente acinzentados. No interior, ela é totalmente branca. Os livros que revestem as prateleiras são os únicos vestígios de cor, o que a faz brilhar como um cubo de luz.

Com linhas geométricas que causam ilusões ópticas, a biblioteca abriga milhões de livros, além de disponibilizar um café literário e um terraço panorâmico. À noite, ela é iluminada em diferentes cores.

4 – Biblioteca Trinity College (Dublin, Irlanda)

Fundada em 1712, a biblioteca fica na mais antiga universidade da Irlanda e abriga a impactante Long Room, uma sala de madeira escura com 65 metros de comprimento. No local estão expostos os 200 mil livros mais antigos existentes na biblioteca.

No total, o conjunto possui quase três milhões de livros, além de alguns tesouros artísticos, incluindo 14 bustos de mármore e uma harpa irlandesa de carvalho do século 15, símbolo do país.

5 – Biblioteca George Peabody Library (Baltimore, Estados Unidos)

Localizada na Universidade de Johns Hopkins, a biblioteca possui mais de 300 mil volumes em seu acervo. Os livros datam desde o século 19 e tratam de assuntos como religião, arte britânica, arquitetura, história, literatura, viagem e romance. O local também já foi descrito como a “catedral dos livros” e é referência da arquitetura neoclássica.

Projetada pelo arquiteto Edmund Lind em 1860, a construção é repleta de mármore preto e branco, decorações de ferro e cinco fileiras de balcões com colunas douradas. Por sua elegância, a biblioteca é frequentemente utilizada para casamentos e festas privadas.

6 – Biblioteca Sainte Geneviève (Paris, França)

Desenhada por Henri Labrouste, a biblioteca foi inaugurada em 1851 e se tornou um dos projetos mais importantes da Europa.

O edifício histórico de Paris mistura estilos diferentes com elementos e decorações de ferros.

A sala oval de Richelieu é a sede mais antiga da atual Biblioteca Nacional da França, e abriga grandes janelas, colunas e uma cúpula que dá leveza e elegância ao ambiente.

7 – Biblioteca Pública de Kansas City (Estados Unidos)

Criada em 1873, a biblioteca tem uma fachada muito original que representa uma estante gigante de 22 livros, cujos títulos são os mais lidos do mundo e foram escolhidos em um concurso público. Entre os principais escritores estão Platão, Shakespeare, Dickens, Tolkien, García Márquez e muitos autores norte-americanos, incluindo Harper Lee.

Dentro da biblioteca há grandes espaços para crianças, conferências e mostras dedicadas à história local e nacional.

8 – Biblioteca do Congresso (Washington, Estados Unidos)

Construído em 1897, o edifício neoclássico majestoso “Thomas Jefferson” detém 28 milhões de livros, mais de 50 milhões de manuscritos, sendo a melhor coleção de livros raros da América do Norte e a maior coleção de filmes, mapas, partituras e gravações de som.

9 – Biblioteca Nacional Marciana (Veneza, Itália)

É uma das mais antigas na Itália. Em seus dois andares estão distribuidos belas coleções de manuscritos gregos, latinos e orientais, volumes raros, atlas, além de mapas.

O primeiro a doar uma coleção de livros ao local foi o cardeal Basílio Bessarion em 1468. A biblioteca ocupa parte de um edifício na Piazza San Marco, na margem do Grande Canal.

10 – Biblioteca Central de Seattle (Estados Unidos)

Projetado em 2004 pelos arquitetos holandeses Rem Koolhaas e Joshua Prince-Ramus, a estrutura futurista de vidro e aço da biblioteca apresenta um original conjunto de painéis e passarelas suspensas onde estão mais de um milhão e meio de livros.

 

 

É incrível como estas bibliotecas, além de trazerem as maiores obras-primas da humanidade, são elas mesmo verdadeiras obras de arte! Se você se interessou por este assunto, ou mesmo quer curtir mais uma nova aventura literária, venha já pra Nobel e leve pra casa o melhor dos livros.

 

Estamos esperando por você!